Presidente Museveni Saúda Delegados do SCEAM, Exortando para uma Reflexão sobre o Bem Estar do Povo

O Presidente Yoweri Kaguta Museveni da República do Uganda exortou os líderes da Igreja em África a prestarem atenção  ao bem estar tanto espiritual como social dos seus membros. Ele fez esta exortação na saudação dos delegados à 18a  Assemblea Plenária e Jubileu de Ouro Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SCEAM), reunidos na Missa Inagural na Catedral do Coração Sagrado, em Lubaga, Kampala, no dia 21 de Julho de 2019.

“Estou muito feliz, em nome do povo do Uganda, por estar aqui para saudar a vós todos Bispos de África pertencentes a esta organização conhecida por SCEAM. Congratulo-vos pela ocasião dos 50 anos do SCEAM. Obrigado por honrarem Uganda,” disse o Presidente.

O Presidente Museveni estava feliz pela África espiritualmente estar a fazer muito mais que outros continentes. Ele indicou a necessidade da Igreja em África tornar-se uma força cada vez mais forte no desenvolvimento humano integral promovendo o bem estar social e económico do seu povo. “No que respeita ao bem-estar, os Africanos ainda estão atrás. E este bem-estar é o bem-estar dos vossos párocos, do povo por vós liderado espiritualmente e que alguns de nós lidera em assuntos efémeros,” disse.

“O problema que encontram nas famílias, muitas das quais nossas párocos, é que estas famílias estão estagnadas de duas maneiras: em primeiro lugar, elas ainda vivem da agricultura de subsistência. Todas trabalham para o estômago; não sabem trabalhar para o estômago e para o dinheiro, pese embora a vida moderna exigir o porte do dinheiro. Em segundo lugar, ao tentar trabalhar tanto para o estômago assim como para o dinheiro, fazem-no sem avaliar o valor económico do que estão a levar a cabo. Portanto, é por isso que ouvimos dizer que o tamanho da economia Africana, toda ela,  é cerca de 10 vezes mais pequena que a economia dos Estados Unidos, embora a nossa população seja agora quatro vezes maior que a população dos Estados Unidos.

Com estas palavras o Presidente Museveni exortou os líderes da Igreja Africana, reunidos em Kampal sob o tema Igreja Família de Deus em África, Celebra Teu Jubileu! Proclama Jesus Cristo Teu Salvador,  a abordarem também o assunto da baixa productividade económica.

O Presidente enfatizou o baixo consumo das famílias Africanas, citando   que algumas famílias em África têm alguns lençóis guardados e que o consumo médio de leite por pessoa é ainda inferior a 210 litros por ano, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde para que o indivíduo tenha uma vida normal e desenvolva ossos e dentes fortes.

“Julgo que isto afecta tanto a Igreja assim como o Governo. Já que os canais existentes não providenciam o suficiente, os Cristãos também pouco oferecem à Igreja. Costumo ir à Igreja e vejo o que trazem para o ofertório. Sabem da situação. Assim, portanto, achei melhor fazer uso desta ocasião para o apelo.”

Presidente Museveni adiantou citando o Livro de Génesis para enfatizar que Deus confiou aos seres humanos duas missões, das quais uma é multiplicar-se e povoar a terra. “A este respeito, os Africanos estão se saindo muito bem, aqui não tenho reclamações,” disse ele, aludindo ao actual crescimento populacional e ao tamanho das famílias Africanas.

“É na segunda missão, ‘Estabelecer domínio sobre a natureza’ que tenho problemas. Isto significa que, por sermos superiores a outras criaturas, tendo sido criados na imagem de Deus, temos que usar a ciência e o conhecimento para domar e aproveitar a natureza para o bem das necessidades do homem; controlar cheias; controlar doenças e mais. Esta é a parte referente ao estabelecimento do domínio sobre a natureza.”

Interligando esta missão à Parábola dos Talentos, em Mateus 25:14-30, o Presidente exortou os líderes Africanos a instarem seus fiéis Cristãos a usarem os talentos que Deus lhes atribuiu.

 

 

 

 

 

 

 

Português
Subscribe to SECAM Newsletter
Church-Family of God in Africa, Celebrate your Jubilee! Proclaim Jesus Christ your Saviour.
Your Information will never be shared with any third party.