Bispos Africanos Exortados a Edificar uma Fraternidade Enraizada na Solidariedade e Unidade

O Secretário do Vaticano da Congregação para a Evangelização dos Povos, Dom Protase Rugambwa, instou Bispos Africanos a promover o espírito de solidariedade nos seus Episcopados e no seio de instituições pertencentes às suas respectivas Igrejas, com vista a criar uma nova África.

Falando a centenas de delgados no Domingo de 21 de Julho, durante a Cerimónia de Abertura da Assemblea Plenária e Jubileu de Ouro do Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SCEAM), o Arcebispo Rugambwa exortou o prelado Africano “a viver com ‘afecto colegial’, ou ‘colegialidade afectiva’, que resulte em um compreensão profunda, pela parte dos Bispos, de outras Igrejas e da Igreja universal”.

Ele afirmou que tal afecto colegial deve ser actualizada e expressa de várias maneiras, mesmo a institucional.

“Isto deve traduzir-se concretamente em, entre outras coisa, participação visível em actividades do SCEAM e de suas estruturas, a respeito dos funcionários e das finanças,” ele acrescentou.

Mais ainda ele desafiou os Bispos a não pouparem esforços, nem iniciativas, para a concretização desta solidariedade, através de estruturas bem concebidas e que estejam adaptadas a circunstâncias e situações específicas.

O prelado também foi instado a ter em conta a mensagem do Papa São Paluo VI, proferida na sua visita a Uganda em 1969, a qual exortava a Igreja em África a ter consciência de si própria e de sua grande tarefa em toda a África.

O Arcebispo Rugambwa encorajou os delegados a fazer advogacia com vista a estabelecer uma ordem social justa. Ele notou os três principais elementosdo tema escolhido para o Sínodo de 2009, nomeadamente, reconciliação, justiça e paz, acrescentando que a Igreja tem a missão da verdade por realizar.

“Desta maneira, a Igreja é chamada a moldar consciências justas e receptivas às demandas da justiça, com vista a formar homens e mulheres prontas e capazes de edificar esta ordem social através de sua respectiva conduta responsável”, explicou.

Ele exortou-lhes a emular os Mártires de Uganda educando os fiéis a serem corajosos e, em qualquer circunstância que seja, sempre primarem pela verdade.

O Arcebispo disse aos participantes a manter viva a mensagem do Papa Francisco, a qual fala da necessidade para a transformção e conversão dentro da Igreja.

A Plenária do SCEAM teve início no Domingo de 21 de Julho e espera-se que tenha o seu fim na Segunda-Feira dia 29 de Julho. Ela realiza-se sob o tema “Igreja Família de Deus em África, Celebra o Teu Jubileu! Proclama Jesus Cristo Teu Salvador.”

Cerca de 300 delegados de África, Europa, América, Ásia e além, participam nesta plenária, incluindo cardeais, arcebispos, bispos, padres, homens e mulheres religiosos, representantes dos vários parceiros, bem como fiéis leigos, entre outros.

 

Português
Subscribe to SECAM Newsletter
Church-Family of God in Africa, Celebrate your Jubilee! Proclaim Jesus Christ your Saviour.
Your Information will never be shared with any third party.